Igreja Metodista

A Igreja Metodista surgiu no século XVIII na Inglaterra como uma sociedade integrante da Igreja Anglicana (o Clube Santo). Foi criada pelo eclesiástico anglicano John Wesley juntamente com seu irmão Carlos Wesley (considerado um dos maiores expoentes da música sacra protestante).

Igreja Protestante –> Igreja Anglicana –> Igreja Metodista

Os participantes do Clube Santo eram chamados de metodistas por conta do rigor com que desempenhavam as práticas de vida e do cristianismo, com muita disciplina e método.

Embora não sendo intenção de John Wesley criar uma nova Igreja, isso acabou acontecendo devido à independência dos EUA (1776). 

O avivamento espiritual promovido por John Wesley e seus cooperadores visava à santidade da vida e à harmonização da vontade do homem com a vontade de Deus.

Origem

ANGLICANOS – 1534

A religião surgiu por causa do rei Henrique VIII, que queria se divorciar, o que não era permitido pelo papa. Ele nomeou-se “Chefe Supremo da Igreja da Inglaterra” e rompeu com os católicos de Roma

[A Igreja anglicana era, portanto, mais voltada aos nobres]

METODISTAS

John Wesley deixou a Igreja Anglicana para pregar nas ruas da Inglaterra e fez vários discípulos, que criaram uma nova denominação. Na doutrina metodista, a Bíblia está no centro das fontes de conhecimento teológico”

(Fonte: http://mundoestranho.abril.com.br/materia/qual-e-a-diferenca-entre-protestantes-e-evangelicos)

Expansão

A 1ª Sociedade metodista foi criada em Londres em 1740, e em 1760 o metodismo já se implantava na América, a começar por Nova Iorque.

Doutrina

John Wesley criou 25 artigos que representam sua doutrina, baseados nos 39 artigos da Igreja Anglicana (da qual ele era participante), com algumas diferenças doutrinárias entre elas.

As principais crenças metodistas consistem em aceitar as Escrituras (Bíblia) como autoridade absoluta, devendo elas ser interpretadas de acordo com fé, razão, tradição e experiência pessoal com Deus. Eles quatro princípios, com foco central na Bíblia, formam o Quadrilátero Wesleyano. Creem, assim como os protestantes em geral, que a salvação acontece pela graça e que esta é livre (para qualquer pessoa). O Metodismo aceitou as três colunas doutrinárias principais da Reforma Protestante: a autoridade das escrituras, a justificação pela fé e o sacerdócio universal dos crentes; ou seja, os 3 P’s – palavra, perdão e povo. Dedicam os cultos a Deus e, neles, há a prática do “dízimo” como uma doação espontânea.

(Baseado principalmente em: http://pt.wikipedia.org/wiki/Metodismo)

Mídia

A aparição na mídia não é frequente.

*Curiosidade: Possui a Unimep (Universidade Metodista de Piracicaba).